Mestrado no Reino Unido: bolsa de mais de £15.000 na Glasgow Caledonian University




Blog Cultura Inglesa

A Glasgow Caledonian Univesity (GCU) está com inscrições abertas para o seu programa Postgraduate Ambassador Studentship até 1 de junho. O programa concederá bolsas de mestrado no Reino Unido de até £15.000 (equivalentes ao valor integral de um curso), e ainda oferece aos bolsistas a oportunidade de trabalhar 10 horas por semana nos serviços da universidade.

As bolsas são válidas para todos os cursos de nível Master’s (equivalentes ao nosso mestrado) em tempo integral. A lista completa dos cursos de pós-graduação disponíveis na Glasgow Caledonian University pode ser vista aqui. Segundo a universidade, o objetivo da bolsa é impactar positivamente as comunidades atendidas pela sua atuação e promover o “bem comum”.

 

Quem pode se candidatar?

Estudantes brasileiros que já tenham concluído (ou estejam prestes a concluir) a graduação podem se candidatar às bolsas. No entanto, essas bolsas de mestrado no Reino Unido são voltadas a alunos que já tenham sido aceitos pela Glasgow Caledonian University para o programa de mestrado desejado. Ou seja: você precisa primeiro ser aceito no mestrado para depois pedir a bolsa.

As candidaturas para o mestrado estão disponíveis em links nas páginas de cada curso. Esta página, no entanto, contém as orientações gerais. Para se candidatar aos programas de mestrado, você precisará enviar cópias do seu passaporte, diploma, histórico acadêmico, personal statement e cartas de recomendação.

Fora esses documentos, alguns cursos específicos têm requisitos adicionais. É importante verificar isso na página do curso de mestrado que você deseja realizar antes de iniciar o processo.

 

Candidatura

Uma vez que o estudante tenha sido aceito no mestrado, ele pode se candidatar à bolsa por meio deste link. Para o processo, ele precisará mostrar que foi aceito, contar sobre como aquele programa de mestrado se encaixa em sua trajetória profissional e acadêmica, e dar detalhes de como ele contribuiu para o “bem comum” ao longo de sua vida.

De acordo com a página da bolsa, algumas experiências que podem impactar positivamente uma candidatura são as seguintes:

  • Você já ajudou pessoas menos afortunadas que você?

  • Você já desenvolveu um projeto voltado para ajudar a sua comunidade?

  • Você já fez trabalho voluntário?

Além disso, o candidato também precisará explicar o que é, para ele, o “bem comum”, e como ele pode ter um impacto positivo na comunidade da universidade. Finalmente, ele deverá demonstrar necessidade financeira. As inscrições vão até 1 de junho!

Fonte: https://bit.ly/2I9yA9p